Diálogos de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento

Diálogos da Cooperação Internacional para o Desenvolvimento

O Diálogos de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento é um evento anual organizado pela equipe do BRICS Policy Center. Os “Diálogos” têm dois objetivos principais:

  • Promover diálogos políticos sobre questões relacionadas à Cooperação Sul-Sul (CSS) e Triangular (CTr) entre atores-chave do governo, de organizações internacionais, de Organizações da Sociedade Civil (OSC), de institutos de pesquisa, think thanks e da academia;
  • Contribuir para o reforço da Cooperação Sul-Sul e Triangular, para torná-las mais aptas à implementação da Agenda 2030.

 

Em janeiro de 2017, o BRICS Policy Center sediou a primeira edição do evento “Diálogos de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento”,  em colaboração com a Agência Brasileira de Cooperação (ABC), apoio da Articulação Sul e patrocinado pelo Seoul Policy Center, DFID, FAPERJ e CNPq. Em 2017, os Diálogos de Cooperação Sul-Sul concentraram-se no Monitoramento e Avaliação e reuniu atores da Cooperação Sul-Sul (CSS) de 12 países, bem como um número significativo de agências brasileiras de implementação e organizações internacionais. O evento contribuiu nos esforços nacionais e internacionais para responder ao apelo dos Estados Membros das Nações Unidas no Documento Final de Nairobi de 2009, que reconhece que “o impacto da cooperação Sul-Sul deve ser avaliado com vistas a melhorar, conforme apropriado, a sua qualidade de forma orientada para os resultados” (Resolução AG 64/222). Além disso, os Diálogos sobre Cooperação Sul-Sul estabeleceram uma plataforma para conversa e aprendizagem com várias partes interessadas sobre questões relacionadas à implementação, resultados e avaliação da Cooperação Sul-Sul e Triangular. Como resultado do “Diálogos”, o BRICS Policy Center e a Articulação Sul elaboraram o relatório Paths for Developing South-South Cooperation M&E Systems, publicado pela Agência Brasileira de Cooperação.

 

Em colaboração com a Agência Brasileira de Cooperação (ABC), a Network of Southern Think Tanks (NeST) e outros parceiros, o BRICS Policy Center organizou o II Diálogos da Cooperação Internacional para o DesenvolvimentoEm 2018, o evento pretendeu contribuir com o processo BAPA + 40, focando na cooperação internacional para o desenvolvimento dentro do contexto mais amplo do ODS 17 (Parcerias para os objetivos). A cooperação internacional para o desenvolvimento está na vanguarda dos esforços intensivos de mobilização e implementação exigidos pela Agenda 2030. A edição deste ano examinou alguns dos tipos e modalidades da cooperação internacional para o desenvolvimento e suas contribuições para a agenda 2030. O evento foi organizado em torno da seguinte agenda:

  • Diálogo 1  – Cooperação Trilateral, a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável e o Acordo de Paris.
  • Diálogo 2  – Diálogo Político Especializado Norte-Sul: o engajamento do setor privado e a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável.
  • Diálogo 3 – Preparando-se para o BAPA + 40: as contribuições da Cooperação Sul-Sul para não deixar ninguém para trás (leaving no one behind).

Base de Conhecimento (Knowledge Base) – 2018

Diálogo 1: Cooperação Trilateral: A Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável e o Acordo de Paris

 

ABC – GIZ – Manual Operacional da Cooperação Trilateral Brasil-Alemanha

ABC – Diretrizes Gerais para a Concepção, Coordenação e Supervisão da Cooperação Técnica Trilateral

OECD – Toolkit for identifying, monitoring and evaluanting the value added of triangular cooperation

OECD – Triangular Cooperation – What’s the Literature Telling Us

SEGIB – PIFCCS – Management Guidelines for Implementing Triangular Cooperation

SEGIB – Manual Operativo de los Programas, Iniciativas y Proyectos de la Cooperación Iberoamericana

UNDP – Brazilian Triangular Cooperation in Social Protection: contributions to the 2030 Agenda

UNDP – Monitoring and evaluation mechanisms for South-South and Triangular Development Cooperation

UNESCO – South-South Cooperation in Action

UNICEF –Diretrizes para Iniciativas de Cooperação Trilateral Sul-Sul

UNSSC – Good Practices in SSTC for Sustainable Development – Vol. 2 (2018)

 

 

Diálogo 2: Diálogo Político Norte-Sul: o engajamento do setor privado e a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável

 

Clist & Verschoor_The Conceptual Basis of Payment by Results

Development impact bonds: learning from the Asháninka cocoa and coffee case in Peru

DFID – Evaluating Development Impact Bonds Final Report

DIB WG Report

DIE – Discussion Paper: Incentivising and Regulating Multi-Actor Partnerships and Private-Sector Engagement in Development Cooperation

DIB in Education

Guaranteeing the Goals: Adapting Public Sector Guarantees to Unlock Blended Financing for the U.N. Sustainable Development Goals

Impact bonds in the Latin-American context: policy transfer analysis for Mexico, Chile and Colombia

Impact Bonds in Developing Countries: Early Learnings from the field

OCDE – Private Philantropy For Development

OECD – Blended-Finance-Principles

 

 

Diálogo 3: Preparação para o BAPA+40: Contribuições da Cooperação Sul-Sul para “não deixar ninguém para trás” (leaving no one behind)

 

CDB Background Paper – Development cooperation to ensure that none be left behind

ITEC Report 2018

ODI – What do analyses of Voluntary National Reviews for Sustainable Development Goals tell us about ‘leave no one behind’?

Leave no one behind: How the development community is realising the pledge

OCDE – Delivering Results to Leave No One Behind

UNDP – What does it mean to leave no one behind? A UNDP discussion paper and framework for implementation

UNOSSC – Voices of Practioners of South-South and Triangular Cooperation and the Road towards BAPA+40 Conference

Publicações

Caminhos para Construção de Sistemas e Processos de Monitoramento e...

Este documento foi elaborado a partir dos “Diálogos sobre a Cooperação Sul-Sul Brasileira”, realizados no Rio de Janeiro, na segunda quinzena de Janeiro de 2017.