Bancos de Desenvolvimento da Índia

 

Atualizado em maio de 2017

1.Banco de Desenvolvimento Industrial da Índia

Natureza e Propósito

  • Fundado em 1964, é hoje um dos principais bancos públicos na Índia e o quarto maior no ranking geral.
  • O IDBI passou por uma profunda reestruturação em 2004, quando transformou-se de uma instituição financeira voltada para ao desenvolvimento industrial para um banco comercial. No entanto, o  mandato do IDBI manteve o financiamento do governo indiano à indústria. Como um banco comercial público, o propósito do IDBI é fornecer financiamento de curto e médio prazo ao comércio, indústria, empresas de serviços, pessoas físicas e terceiros em geral.

 

Fonte: o autor, baseado no Relatório Anual do IDBI (2014-15)

 

Fonte: O autor, baseado no Relatório Anual do IDBI (2014-2015)

De onde vêm os fundos?

  • Porque tem sido um banco comercial desde 2004, o IDBI levanta fundos através de fundos de depósitos e de investimentos
    fundos. Além disso, o banco possui linhas de financiamento governamental.
  • O IDBI também levanta fundos no exterior por meio de bancos, acordos bilaterais, empréstimos de curto prazo e emissões de obrigações.
  • Em 2016, o IDBI apresentou lucros negativos, devido à política de revisão da provisão de qualidade dos ativos de acordo com as exigências do Banco de Reservas da Índia (AQR), a fim de adaptar-se às mudanças do câmbio internacional e às mudanças econômicas domésticas no país.

 

Fonte: Relatório Anual do IDBDI (2014-2015)

Como funciona?

  • Além das atividades típicas de um banco comercial, o IDBI possui uma linha operacional voltada ao financiamento de setores industriais.
  • Os clientes corporativos são atendidos por meio de três linhas: Corporate Banking Group-I (CBG-I), Corporate Banking Group-II (CBG-II) e Infrastructure Corporate Group (ICG). Enquanto o CBG I e o CBG II atendem a clientes corporativos de médio e grande porte, o ICG atende clientes corporativos no setor de infra-estrutura, que inclui o desenvolvimento de projetos de energia, telecomunicações, portos, estradas e pontes, aeroportos e o infra-estrutura urbana, entre outros subsetores.
    • Nos últimos anos, o Banco ampliou sua participação na restauração crédito direto ao varejo para agricultores envolvidos no cultivo e atividades relacionadas, para aumentar seu alcance no território, bem como o seu acesso a crédito para a população indiana.
    • O IDBI tem acordos de cooperação com outros bancos de desenvolvimento na Índia:

 

 

IDBI-SIDBI: vários memorandos de entendimento orientados para oferecer serviços de empréstimo subsidiado para micro, pequenas e médias empresas (MPMEs).

 

IDBI-Exim: assinou um Memorando de Cooperação para co-financiar, co-organizar e subsidiar empréstimos em moeda estrangeira a empresas orientadas para as exportações, especia,mente MPMEs.

2. Banco de Desenvolvimento da Índia para pequenas indústrias (SIDBI)

Natureza e Propósito

  • Criado em 1990 pelo IDBI, o SIBDI é a principal instituição financeira para a promoção, financiamneto e desenvolvimento de MPMES.

Como funciona?

  • O SIDBI refinancia bancos e instituições financeiras não bancárias (NBFCs), além de oferecer treinamento para pequenos bancos comerciais, bancos regionais rurais (RRBs), bancos cooperativos urbanos (UCBs) e  bancos cooperativos distritais (DCBs).
    • O financiamento direto para as MPMEs também é realizado por meio de produtos financeiros específicos, tais como capital de risco, financiamento sustantável, factoring, desconto na fatura e financiamento do setor de serviços
  • A SIBDI Venture Capital Ltd. foi criada em 1999, para presta assistência a áreas industriais específicas, focando em biotecnologia, produtos farmacêuticos, tecnologia da informação (TI) e engenharia. O financiamento da SIBDI para capital de risco é distribuído por meio de três fundos: Fundo para  TI, Fundo para MPMEs e Fundo para Inovação.

De onde vêm os fundos?

  • Em 2015, o SIDBI captou U$ 8,4 bilhões – um forte crescimento em relação aos anos anteriores, quando a captação de recursos foi por volta de U$ 4 bilhões.
  • O banco recebe recursos nacionais e estrangeiros, com um forte predominância na emissão de notas promissórias emitidas pelo SIDBI no mercado de capitais doméstico, que representaram cerca de 61% dos recursos obtidos em 2015.

 

Fonte: O autor, baseado no Relatório Anual do IDBI (2014-2015)

 

Fonte: O autor, baseado no Relatório Anual do IDBI (2014-2015)

3. Banco Nacional para Agricultura e Desenvolvimento Rural (NABARD)

Natureza e Propósito

  • O NABARD foi criado em 1982 para aumentar o fluxo de crédito para agricultura e projetos rurais.
  • As operações do banco procuram desenvolver a agricultura, pequenas indústrias de escala, casas de campo e indústria local, artesanato e outras atividades econômicas relacionadas com a área rural.
  • Com sede em Mumbai, possui 30 escritórios regionais e 395 gerentes de desenvolvimento nos distritos.

 

Fonte: O autor, baseado no Relatório Anual NABARD (2015-2016)

Como Funciona?

  • Os investimentos estão concentrados em micro e pequenas irrigações, dispositivos econômicos e conservação da água, implementação e aquisição de pequenas máquinas para agricultura, desenvolvimento de terras aráveis, produção em terras secas, produção de sementes, pecuária, pesca e produção de energia não convencional.
  • Também opera através de suas subsidiárias: NABARD Serviços de Consultoria (NABCONS), Finança para o Desenvolvimento Agrícola Ltda. (ADFT), Finanças ao Agronegócios Ltda. (ABFL), NABARD Serviços Financeiros Ltda (NABFINS).

 

Fonte: O autor, baseado no Relatório Anual NABARD (2015-2016)

 

Fonte: O autor, baseado no Relatório Anual NABARD (2015-2016)

De onde vêm os fundos?

  • O capital da NABARD é constituído principalmente por fundos governamentais específicos, mas também pela captação de recursos no mercado. O montante total arrecadado pela NABARD em 2015-2016 foi de U$ 48,2 bilhões.
  • Os principais fundos são: “Fundo deDesenvolvimento de Infraestrutura Rural”(RIDF); “Fundo de Crédito Rural Cooperativo de Curto Prazo” (STCRC); “Fundo de Crédito Rural de Longo Prazo” (LTRC); “Fundo de Revitalização, Reforma e Reestruturação” (RRR) e “Fundo National de Crédito Rural” (NRC).

 

Fonte: O autor, baseado no Relatório Anual NABARD (2015-2016)

4. Banco de Importação e Exportação da Índia (Eximbank da Índia)

Natureza e Propósito

  • Criado em 1982, é o principal agente coordenador de instituições financiando a exportação / importação de bens e serviços.
  • Seu objetivo é promover o comércio internacional do país.
  • Está sediado em Mumbai e possui outros nove escritórios (Ahmedabad, Chandigarh, Bangalore, Chennai, Guwahati, Hyderabad, Kolkata, Nova Deli, Pune). No exterior, opera em 8 países através de sua filial em Londres e outros 7 escritórios (Singapura, Washington, Adis Abeba, Dakar, Dubai, Joanesburgo, Yangoz).

Como funciona?

  • Estende linhas de crédito para instituições financeiras no exterior, governos e agências estrangeiras, permitindo que eles financiem a importação de bens e serviços indianos. Além disso, possui parcerias com pequenas e médias empresas indianas.
  • Tem um programa para iniciativas rurais, com o objetivo de conectar a indústria rural da Índia com o mercado global.
  • As linhas de crédito do Eximbank foram estendidas para 63 países em todo o mundo, chegando a U$ 11,3 bilhões em
    crédito para financiar projetos de infra-estrutura. O principais setores de infraestrutura contemplados são: energia, estradas,
    tecnologia e comunicação (Relatório Anual do Eximbank da Índia 2015-2016, p. 5).
    • Nos últimos anos, o Banco aprofundou seu alcance no continente africano. Em 2016, a terceira edição da cúpula do  “Fórum Índia-África” foi realizada em Nova Deli. O anúncio de uma linha de crédito de U$ 10 bilhões na Cúpula reforça
    o significado da África para o Eximbank da Índia.